Sinopse

"- ...Só que aí você volta, e te amar é tão mais fácil...."

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Eu odeio a Miley Cyrus - Capitulo 17

Como Selena Gomez entrou nas nossas vidas
Miley Narrando
Depois do jantar o Nick saiu novamente, com a namorada é claro! Ninguem sem importou muito, ele fazia isso todos os dias mesmo...Bom, ninguem fora eu!!
Eu queria chegar aqui e poder dizer que não me importava nem um pouco, mas a verdade é que eu me importava sim e sentia ciumes tambem... Droga!!
Me tranquei no meu quarto, nao queria que a Demi ou a tia Denise me vissem de mal humor e sacassem o motivo. No meu quarto eu via o meu celular chamar diversas vezes, jogado sobre o criado mudo enquanto eu estava deitada na cama tentando ignorar os toques insistentes. Eu sabia que era Liam e eu não queria falar com ele, não agora.

Tentei assistir TV, escutar musicas e ate ler um livro, tudo para distrair minha mente dos pensamentos que a tem tomado conta dela desde que cheguei aqui em Dallas, mas eu não conseguia, eles estavam ali me assombrando, fazendo com que a sanidade não me valesse de nada. Não e pior, saber que a fonte de toda aquela confusão mental estava agora provavelmente na cama com outra não me dava nem um pouquinho de animo. 
Será que ela o ama como eu amo... quer dizer, amava?! Essa era uma duvida que eu tinha, eu o amei de uma forma que jamais quero voltar a amar, era quase doentio, ele era o ar que eu respirava e eu sabia que aquilo não era saudável.
Balancei a cabeça tentando não voltar a época em que eu era uma escrava dos meus sentimentos por Nick. Com certeza nenhuma outra vai amá-lo desse jeito, não com a mesma intensidade que eu amava.
Então ele está com a Gomez agora, bom, não posso dizer que estou surpresa, não é de hoje que eu sei do interesse dela pelo Nick. Acho que ela finalmente conseguiu o que queria...


Flash Back On

Nick e eu estávamos em um clube aquático em Orlando na Florida. Sol, mar e muita diversão, bom tínhamos um final de semana inteiro para desfrutar disso, parece pouco, mas considerando que fazia dois meses que nos só escutávamos as vozes um do outro pelo telefone, era tempo o suficiente, mesmo que fosse só para aumentar ainda mais a saudade.

Eu estava esticada em uma das cadeiras de sol rente a piscina. Relaxava olhando a paisagem a minha volta.

– Amor, vou dar um mergulho você vem?! – Nick me perguntou antes de levantar da cadeira ao meu lado.

– Não, não. Estou precisando pegar uma corzinha! – Disse em tom de brincadeira.

Nick sorriu balançando a cabeça em sinal de reprovação.

– La vem você Miles... Quando vai perceber que você esta perfeita, do jeitinho que esta! – Ele tocou levemente a ponta do meu nariz.

– Bom, que eu sou linda isso é um fato indiscutível, mas olha só pra isso Nick – Apontei para minha pele – Se eu fosse mais branca do que isso eu seria transparente! – Nick apenas riu do que eu disse.

– Vou nadar! – Ele foi em direção a piscina

Meu namorado provavelmente não se dava conta dos olhares femininos que se colocaram sobre ele quando começou a caminhar em direção a piscina. Também com aquele corpão o que mais eu podia querer?! Agradeci mentalmente por ele não ter enrolado muito para cair na água porque se não ia ter mulher quebrando o pescoço de tanto olhar para ele.

Nunca fui ciumenta, mas sei cuidar bem do que é meu então mantinha meus olhos bem abertos, eu sabia que Nick era um dos caras mais cobiçados de Hollywood. Rico, famoso e ainda por cima gostoso, é eu não podia marcar bobeira.

Um dos garçons me trouxe um suco de morango que eu havia pedido a um tempo atrás, assim como também uma toalha. Tomei um pouco do meu suco esperando que Nick saísse logo da água e voltasse aqui para o meu ladinho onde era o lugar dele!

Perdi um pouco a linha de raciocínio quando olhei para a direção da piscina e vi Nick sair de dentro dela, passando a mão pelos cabelos encharcados para tirar o excesso de água. Ele sorria olhando diretamente na minha direção, como se quisesse me provocar. Ele sabia que eu tinha uma espécie de tara por ele molhado. Isso começou desde uma vez que tomamos banho juntos e passamos algumas horas a mais dentro do box do banheiro fazendo...Bom, deixa pra la, isso não vem ao caso, o fato é que se o meu namorado já é sexy seco, molhado então NOSSA, deveria ser ate crime.

Mordi meus lábios acompanhando com os olhos uma gota de água que escorria de seu queixo, passando pelo seu pescoço e descendo livremente ate o seu umbigo, não vou nem mencionar o que eu pensei quando olhei um pouco mais pra baixo e vi a sunga preta que ele usava ainda encharcada.

Nick veio caminhando em minha direção, com os olhos vidrados em mim. Ta ai uma coisa que eu amava no Nick, ele não é o tipo de cara que fica olhando para os lados, se ele esta com uma garota, ele a leva a sério, ela é a única. E no caso euzinha sou a garota de sorte, tenho os belíssimos olhos castanhos dele postos em mim a todo tempo.

A distancia da piscina para a cadeira que eu estava era curta, uns três metros no máximo .. Parei para pensar que se eu, que era a namorada estava louca com a visão do Nick saindo da água imagina só as outras garotas, elas devem estar quase tendo enfartes em conjunto. Haha morram de invejas peruas, porque ele é só meu!!

Eu poderia ter me levantado e ter ido secar o meu amorzinho com a toalha no meio do caminho, terminando de matar a mulherada do coração, mas deixei elas aproveitarem mais um pouquinho, olhar não tira pedaço... 

Grande erro esse meu!

Uma magrelinha qualquer com um cabelo horroroso resolveu escolher a pior hora para atravessar aquele caminho. E acreditam que ela teve a coragem de esbarrar no MEU Nick?! Como se já não fosse ruim o bastante ter que olhar para aquele biquíni ridículo que ela estava usando!

– Ah nossa, como eu sou desastrada... Me desculpe por favor! - Ela tentou se fazer de meiga, usou uma voz doce e tudo mais...AFF Fingida!!

– Ta tudo bem, não tem problema! – Nick sorriu cordialmente... PERA AI, ELE SORRIU PARA ESSE SACO DE OSSO?? Ah não, eu não vou ficar aqui parada!

Peguei a toalha em minhas mãos e coloquei meu suco numa mesa qualquer ali, segui caminhando ate eles como quem não quer nada.

– Me desculpa mesmo, é que eu estava distraída e nem percebi que você estava no caminho! – Ah ta, conta outra filinha...- Sou Selena Gomez, estou hospedada aqui nesse hotel e você?! – Traduzindo: Oi sou Selena Gomez, to afim de dar pra alguém hoje você não esta afim de dar uma passadinha la no meu quarto gatão?? ARGH ODEIO ESSAS BISCATES OFERECIDAS!!

– Ah eu sou Nicholas, Nick Jonas! – Ele estendeu a mao para ela, quando a coisinha insignificante agarrou a mao do meu homem eu me coloquei ao lado dele fazendo questão de passar um dos meus braços em torno de sua cintura. A garota me olhou desentendida enquanto Nick passava um dos braços em volta da minha cintura e soltava a mao dela... Tadinha, ficou sem fala quando viu que eu era um zilhão de vezes mais linda! – Selena deixa eu te apresentar, essa aqui é a Miley, a minha namorada! – Nick disse orgulhoso, também, quem não teria orgulho de me namorar?!

– Oi...- Estendi a mao para ela com um olhar como se dissesse “Viu só, ele já tem dona meu bem, então vai tirando o olho!!” – Selena ne?!

– Isso, Selena Gomez – Ela tentou sorrir apertando a minha mao me olhando de cima a baixo como se perguntasse “Como uma garota como essa conseguiu namorar um gato desses” Ah fala serio né, só pode ser inveja, porque se eu tivesse esse corpo que ela tem de palito de picolé eu já teria cometido suicídio!! – Foi um prazer conhecê-los, agora eu já vou indo! – Ah já vai tarde minha filha!

A moca saiu andando e desapareceu das nossas vistas graças a Deus...

– Simpática essa moca né?! – Nick comentou, porque será que os homens nunca sabem guardar a opinião deles só pra eles?! Lancei ao Nick um olhar de canto de olho, tipo meio desconfiada.

– Não achei não, achei ela muito atirada isso sim! – Nick sorriu e me puxou para mais perto colando nossos corpos. Não sei o que é, mas tem uma coisa no jeito como Nick me envolve em seus braços que me faz esquecer completamente sobre o que eu estava falando...

– Sabia que você fica ainda mais linda quando sente ciúmes?! – Ele disse rouco ao pé do meu ouvido. Esse garoto ta querendo o que? Me enlouquecer de vez?!

– Eu não estou com ciúmes, só não gostei do jeito como você tava sorrindo pra ela! – Disse séria, tudo bem, eu estava com ciúmes sim, mas eu não iria admitir isso nunca!

– My, eu só estava sendo gentil – Nick me deu um selinho - Você sabe muito bem que eu só tenho olhos pra você!

– Acho bom mesmo!!

– Agora vem cá! – Ele me apertou ainda mais em seus braços – Sabe o que eu acho bom?! – Ele me encarou com um olhar malicioso e um sorriso safado nos lábios – A gente subir lá pro meu quarto pra você me deixar tirar esse seu biquíni! – Ele disse baixo, me fazendo corar.


– Safado! – Eu disse dando um tapa de leve no ombro dele, que apenas riu me puxando para um beijo bem intenso.


– Eu sei do que você gosta, Miley! – Ele disse rindo. Ele realmente sabia do que eu gostava... Eu gostava dele!

Flash Back Of

E foi desde aquele dia que a Selena surgiu em nossas vidas. Eu sempre soube que ela era apaixonada pelo Nick, mas eu era segura dos sentimentos dele por mim. Só que agora é ela quem esta com ele, é realmente o mundo da voltas!!!

Já eram duas da madrugada, e eu estava sem sono. O celular tinha em fim parado de chamar e eu nem percebi. Desci as escadas que davam ao corredor da casa, a casa estava escura, acho que não tinha ninguém acordado a essa hora. Sai pela porta da frente, eu ate pensei em dar uma volta pelo quarteirão, mas acabaria dando de cara com um paparazzi na esquina e eu não queria mais manchetes de jornal envolvendo o meu nome, muito menos uma que dissesse “Miley Cyrus foi vista perambulando pelas ruas só de camisola durante a madrugada”

Acabei por sentar-me na escada da varanda, coloquei meus inseparáveis fones de ouvido e fiquei ali, parada, perdida no tempo observando as gotículas de orvalho encharcarem a grama durante a madrugada.

A música que tocava era Patience do Guns, uma das minhas preferidas, ela me fazia relaxar, ela me levava a esperar para ver, a ter paciência, como o próprio nome dizia. Sem falar que a letra era uma das mais lindas de todos os tempos, Axl deveria estar mesmo inspirado quando escreveu a letra dessa música.

A musica tinha chegado ao primeiro refrão, mas parecia que eu estava parada ali a horas, já repararam que a solidão faz o tempo passar mais devagar?

Sorri ao ver como um trecho da música se encaixava perfeitamente a minha situação de agora.

“Aqui sentado nas escadas
Preferindo ficar sozinho
Já que eu não posso te ter agora, eu irei esperar querida
Às vezes eu me sinto tenso
Não posso fazer o tempo passar mais depressa.
E você sabe, alem do amor existem outras coisas
Que devem ser levadas em consideração”

Fechei meus olhos deixando que cada nota daquela melodia tocasse no fundo do meu coração, como um tipo de terapia, era bom fazer isso as vezes, simplesmente limpar sua mente de todos os pensamentos e ouvir o bom e velho Rock N Roll.

As luzes fortes de um farol de carro atrapalharam a minha meditação. Coloquei um de meus braços para tapar o meu rosto pois as luzes estavam ofuscando a minha visão. Era o carro de Nicholas que acabara de chegar. Por algum motivo que eu desconheço ele não guardou o carro na garagem, apenas saiu e veio andando em direção a varanda. Ele tinha um sorriso bobo no rosto, sabe aquele tipo de sorriso quando você esta pensando em algo ou alguém especial?! Bom, era esse sorriso.

A camisa desabotoada alguns botões e também amassada, juntamente com o cabelo desgrenhado e as marcas avermelhadas em seu pescoço mostravam claramente que ele teve uma noite... Quente, para eu não ter que dizer mais nada.

Para não ter que encará-lo fingi que estava mexendo no meu Iphone. Vi quando o par de tênis brancos parou a na escada e demorou um pouco mais de tempo para subir os degraus.Sim, ele ate disse alguma coisa, mas eu não ouvi porque eu estava com fones no ouvido. Então ele passou por mim rapidamente, retirei os fones e voltei a encará-lo

– O que disse?! - Perguntei

– Ah... Nada não! – Ele disse seguindo adiante para dentro de casa.

– Voce disse algo Nick! – Insisti

– Bom eu...Eu só perguntei o que você tava fazendo ai fora tão tarde, mas...- Ele olhou para o celular em minhas mãos com uma expressão que eu não consegui decifrar – Isso não é da minha conta, eu não sou nada seu! Quem tem que se preocupar com o que você faz ou deixa de fazer é o seu namorado! – Ele parecia mais tentar convencer a si mesmo do que a mim.

Caminhei ate ficarmos frente a frente, um chupão no pescoço do Nick me chamou atenção. Então desviei meus olhos para ele por alguns segundos, só voltei a encarar o Nick quando ele envergonhado, passou a mão pelo pescoço tentando disfarçar.

– Eu só estava...pensando um pouco! – Eu disse e soou mais triste do que eu achei que soaria... DROGA! – Parece que você se divertiu não?! – Puxei outro assunto.

– Claro, foi...Bom! – Ele disse rapidamente, tentando não expressar quaisquer tipo de sentimento.

– Sei... – Fingi descaso. Saber que ele tinha passado a noite com outra me machucava, mas eu é que não ia demonstrar! – Acho que...Eu vou subir, então...ah, só, boa noite!

Enquanto eu subia as escadas imaginava se realmente tinha sido bom, como ele disse. Imaginava se ela dava a ele mais prazer do que já dei e isso me corroía por dentro , equiparar-se a alguém é o ultimo estagio que alguém pode chegar, é praticamente o fundo do poço!

Nick subiu as escadas um pouco depois de mim seguindo no corredor a lentos passos e em silencio, parando calmamente na porta de seu quarto abrindo-a. Eu também estava parada em frente a porta do meu quarto, ele nem sabia dos dilemas que se passavam por dentro da minha cabeça. Numa atitude impensada virei-me e encarei ele de costas, eu sei que não deveria, mas eu precisava saber, aquela duvida já estava me deixando maluca.

– Nicholas – Eu chamei e ele se virou – Posso te fazer uma pergunta?! – Ele me encarou ainda meio sem entender nada e apenas deu ombros.

– Ah...Claro!

Olhei em seus olhos tentando achar alguma coisa que me estimulasse a seguir em frente com aquela loucura, mas não havia nada, a expressão dele estava serena e tranquila. O homem sexy o qual ele é apenas quando quer ser estava escondido atrás daquela face angelical.

– A Selena te satisfaz?! – A pergunta simplesmente pulou da minha boca, saindo sem nem mesmo pedir a minha permissão, tive vontade de me enterrar quando vi a expressão dele mudar ao assimilar minhas palavras.

Eu pensei em milhões de coisas ao mesmo tempo, coisas que eu achava que ele me diria, Percebi que eu havia feito uma pergunta idiota, mas ele apenas riu um pouco, me encarando logo em seguida.

– Voce sempre teve ciúmes da Sel! – Ele pareceu achar muita graça na sua própria frase. Eu bufei, agora alem de tudo ele estava se sentindo...ARGH!

– Não, eu não estou com ciúmes! – O encarei tentando convencê lo – Apenas...Sei la, eu nem sei o que me deu para perguntar uma idiotice dessas!! – Me virei para entrar em meu quarto, mas Nick me impediu me segurando pelo pulso.

– Calminha ai apressadinha! – Ele ainda ria – Voce me fez uma pergunta, acho que merece uma resposta! – Ele chegou mais perto, quase colando o corpo no meu. Eu ainda estava virada para porta e ele estava exatamente atrás de mim, seu hálito quente batia contra o meu pescoço a medida que ele aproximava os lábios do meu ouvido. – Ela é boa sim...- Acho que ele se referia a Selena – Mas ela nunca conseguiu me levar a loucura como apenas uma mulher já fez na vida! - Senti um arrepio com aquelas palavras, se ele queria me deixar completamente confusa e sem ação, ah ele tinha conseguido!

Ele se afastou de mim, voltando a manter uma distancia segura de dois passos e eu me virei para encará-lo ainda estava sem fala. Estaria ele falando de mim??

Ele sorriu, me olhando de cima a baixo e mordendo um pouco os lábios.

– Fazer o que?! – Ele mesmo deu ombros – A gente nem sempre pode ter tudo que quer então...

– E o-o que exatamente v-voce quer?! – Droga, péssima hora para gaguejar!

Nick apenas colocou as mãos no bolso da calca e virando-se um pouco para voltar ao seu quarto.

–Nada demais só, uma boa noite de sono, preciso repor as energias! – Ótimo, finalmente tava rolando um clima e o Nick decidiu assim do nada, me jogar um balde de água fria.


– Então durma bem! – Eu fingi descaso. Quem visse ate acharia mesmo que eu não tava nem ai pra ele. Nick me olhou, parecia que ia me dizer algo mas, meu celular chamou na hora. Agradeci a Deus mentalmente, porque se ele insinuasse mais alguma coisa a respeito da maravilhosa noite com a Gomez eu iria socar ele!

Olhei no visor do celular

Liam amor =)

Aquilo realmente fazia sentido agora. Liam era o meu namorado, era ele quem eu amava. Nick era apenas parte do meu passado e de um passado que eu deveria esquecer!

Atendi o telefone prontamente, o “Oi amor” que Liam soltou do outro lado da linha parecendo muito animado por estar falando comigo foi reconfortante. Nick estava seguindo a vida dele, já tinha esquecido o passado e não deixava que memórias antigas interferissem em seu relacionamento com a namorada. Porque eu deveria deixar?! Porque eu deveria ser a única a viver presa ao passado?!Não, eu não vou me permitir viver fadada a lembrar do Nick a vida inteira, fizemos nossas escolhas e estamos em caminhos diferentes agora... Acho que eu preciso aprender a conviver com isso.

Nick Narrando

Quando a Miley olhou no visor do celular sua expressão mudou um pouco, ela parecia ter se dado conta de algo importante. As palavras saiam da sua boca timidamente, enquanto ela abria a porta do quarto dela para entrar, ainda pude ouvir quando ela disse “Claro que senti sua falta!”

Me senti ignorado, e essa é uma das piores sensações que se pode ter.

Entrei no meu quarto trancando a porta. Havia um peso maior que o mundo sobre as minhas costas “Claro que senti sua falta”, as palavras dela ainda vagavam em meus pensamentos, o que eu não daria pra ela ter dito isso pra mim. Mas o destino continua brincando conosco de gato e rato, ela parece me querer e depois do nada volta para o namorado, me pergunto se era assim com ele também quando ela namorava comigo.

Deitei a cabeça pesadamente no travesseiro, eu havia deixado Selena plantada no quarto dela só de lingerie... Eu não consegui, não consegui por causa da Miley, isso já estava indo mais longe do que deveria, isso já estava ficando perturbador e frustrante demais. Eu sou um homem e eu precisava agir como tal, não posso deixar que a Miley controle meus atos e as minhas vontades, já basta o espaço que ela ocupa na minha mente!

Eu estava chateado, e isso atrapalha o sono, mas eu sabia que teria um dia cheio então me forcei a fechar meus olhos.


Continua...

4 comentários:

  1. Serio, quando eu acho que não tem como a fic ficar melhor, você vai lá e posta um capitulo novo!! quase enlouqueci quando vc ficou mais de 1 semana sem postar nada!! POSTA RAPIDO!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thais, acho que vc é a minha unica leitora assidua e eu te agradeco muito por isso de verdade porque como eu trabalho e estudo, cuidar de um blog é pesado pra mim as vezes e eu nao tenho tanto tempo pra postar entao eu fico feliz por ter pelo menos uma leitora que tem paciencia com a minha demora pra postar =D
      Bjo

      Excluir
  2. Hey linda, tem selinho pra vc no meu blog
    http://blog-give-your-heart-a-break.blogspot.fr/2013/03/selinhos-tags-amy-jeell-lety-tatii-e.html
    E o capitulo está mt mt mt mt divo!!
    Beijos meu anjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valew o selinho amore!
      E obrigada por ler ;D
      Bjo

      Excluir