Sinopse

"- ...Só que aí você volta, e te amar é tão mais fácil...."

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Eu odeio a Miley Cyrus - Capitulo 9


"Tive tanto medo de perdê-la"


Nick Narrando

Despertei já sentindo a cabeça latejar, parecia que o mínimo barulho naquele momento faria meu cérebro explodir em mil pedaços. Eu mal lembrava do que havia se passado comigo durante a noite. Levantei da cama sem vontade e ainda morrendo de sono, decidi ir ate a cozinha tomar uma aspirina para ver se eu conseguia me livrar dessa dor de cabeça irritante. Sai do meu quarto e estranhei ao pisar numa poça de água no piso do corredor, mais estranho ainda é que não havia goteira nenhuma no teto, e nem ao menos tinha chovido ontem, pelo menos eu acho. Observei mais um pouco a poça de água e vi que ela vinha do quarto da Miley. Olhei no meu relógio de pulso que ainda marcava 4:50 da madrugada, era um horário muito pouco apropriado para se tomar banho mas se tratando da Miley podia ser bem possível ser isso. Mas será que ela não percebeu que a água ja estava escorrendo para fora da banheira?! Bati na porta e ela não respondeu.

– Miley... Miley, eu acho que a sua banheira ta ligada!! – E nada dela responder. Colei meu ouvido na porta e não ouvi nenhum som, apenas o barulho de água escorrendo. - Miley, voce ta alagando a casa toda! - E nada, nem mesmo sinal de vida daquela garota.

Fiquei preocupado, a essa altura o piso do quarto da Miley ja deveria estar encharcado. Será que ela não estava percebendo isso, ou ao menos escutando o barulho da água escorrendo??
Tentei bater mais algumas vezes e ela não abriu e nem mesmo respondeu. Comecei a ficar mais preocupado, forcei a porta, mas estava trancada... Ótimo!! Pensei um pouco e decidi arrombar, se a Miley achasse ruim o problema era dela, ela foi a culpada, quase inundando a casa.
Consegui arrombar a porta com algum esforço, entrei no quarto e como eu imaginava o piso estava completamente encharcado, olhei para a cama e Miley não estava ali. Onde mais ela poderia estar?! No banheiro não podia ser porque era de la que a água estava vazando. Parei de me fazer perguntas e entrei no banheiro mais que depressa. Corri meus olhos pelo ambiente rapidamente, vi ao lado da banheira o vidro de calmantes dela aberto o celular e também uma garrafa de Whisky?? Mas o que significava isso?? Corri para fechar o registro da banheira pois era dela que escorria a água. Quase estagnei quando vi o motivo porque a água estava escorrendo...


Era a Miley, ela estava totalmente submersa na banheira, fazendo com que a água transbordasse. Meu coração falhou na hora que a vi daquele jeito, tentei raciocinar direito, mas uma dor cortante no meu peito não me deixava, eu temia o pior. Imediatamente a puxei a pegando no colo, meus movimentos estavam sendo todos automáticos já que eu estava completamente atordoado com aquela situação.
A depositei na cama, ainda atônito, minhas mãos tremiam, eu não tinha idéia do que fazer. Mas que diabos deu na cabeça da Miley, bebeu e ainda tomou aquelas porcarias de calmantes e se enfiou numa banheira, ela estava querendo o que?? Se matar?! Ela sabe bem que sempre foi fraca para bebida!!
Eu nao sabia o que tinha que fazer pra ela ficar bem, Miley parecia ter estado submersa há horas, nao tinha nem um tipo de reação  nem se quer respirar, ela respirava. Algumas lágrimas ja se formaram nos meus olhos, eu nao queria perde-la, nao desse jeito. O desespero estava tomando conta de mim, eu nao conseguia nem olhar para ela direito, aquelas imagens dela afogada na banheira me vinham na mente a cada instante, precisei reunir todas as minhas forcas para conseguir pensar em algo pra fazer por ela.

– DEMI!!...DEMI!! – Sai gritando e batendo com forca na porta do quarto da Demi e do Joe, que era bem próximo. Ela veio abrir a porta meio sonolenta.

– O que você quer Nick?! Ainda são cinco da manha!! – Ela reclamou

– A Miley, ela... Vem comigo! – Demi viu minha expressão desesperada e logo entendeu que eu falava de algo serio. Corremos de volta para o quarto da Miley e quando ela viu a figura da amiga deu um grito, provavelmente chocada e começou a chorar, escondendo o rosto no meu peito.

A imagem de Miley deitada naquela cama não correspondia ao que realmente estava se passando ali. Ela parecia apenas estar dormindo, seu rosto não mostrava nem um tipo de agonia ou dor. A palidez acentuada por causa do frio fazia contraste com os lençóis escuros da cama. Os lábios esboçavam uma cor fosca, um tom estranho, quase roxo, indicando que ela provavelmente estava com frio, embora não tremesse.
Demi se acalmou um pouco e correu para o lado da amiga, começou a secá-la rapidamente.

– Droga Miley, por favor amiga, aguenta mais um pouquinho!! – Ela dizia enquanto tentava a todo custo aquecer a Miley – Nick – Virou-se para mim – Liga pra uma ambulância!

Nem bem ela terminou de me pedir isso e eu fui correndo fazer. Voltei para o quarto e a Demi não parava de chorar.

– Nick eu não sei o que ta acontecendo, ela nem se meche eu to com medo! – Demi disse desesperada. Eu ainda estava meio perdido, mas eu sabia o que tinha acontecido, só nao iria contar a Demi, pelo menos nao agora, nao era hora pra contar que a Miley estava se drogando com aquelas porcarias de calmantes.

– Demi, vai chamar o Joe, deixa que eu fico aqui com a Miley! – Eu disse tentando passar alguma tranqüilidade para a Demi. Assim que ela saiu do quarto sentei a beira da cama da Miley, ela estava arrepiada e ate tremia um pouco agora. Agradeci a Deus mentalmente, pelo menos não estava morta. A vi fazer um esforço descomunal para tentar respirar com mais leveza, era como se fizesse esforço para puxar ar para o seu peito.
Eu segurei em sua mão e assim como a Demi comecei a tentar aquece-la com os lençóis.  Queria ajudá-la de algum jeito e não sabia como... Até que Joe entrou com Demi no quarto.

– Nick o que é isso?? Ela ta reagindo?? – Demi veio até mim estabanada.

– Eu...Eu não sei! – Eu dizia um tanto confuso.

– Gente, ela esta tentando respirar! Temos que ajudá-la! – Joe correu para cima da Miley e tocou os lábios nos dela. Respiração boca a boca, como eu não tinha pensado nisso antes?! Depois de Joe tentar umas três vezes, a Miley finalmente cuspiu um pouco de água e tossiu um pouco. Embora já respirasse mais compassadamente ainda não tinha recobrado a consciência.


– A ambulância chegou! – Disse Demi olhando pela janela do quarto.

Os paramédicos levaram a Miley e como só uma pessoa podia ir com ela, quem foi junto foi a Demi.

– Nick eu vou pro hospital, não vou conseguir dormir com a Miley desse jeito e nem sabendo que a Demi está lá sozinha e angustiada! – Joe me disse assim que a ambulância se foi.

– Eu vou com você! – Eu disse e Joe me olhou estranhando. Não dei tempo para ele fazer perguntas, desci as escadas rapidamente e fui pegar o meu carro.

Assim que chegamos ao hospital, vimos a Demi sentada na sala de espera muito nervosa.


– Amor, fica calma, vai ficar tudo bem com a Miles! – Joe correu para abracá-la.

– Ah vai, vai sim e quando ela tiver alta eu vou estrangular aquela garota!! – Demi disse furiosa – Os médicos disseram que ela tomou uma dose exagerada de calmantes e ainda misturou com álcool, por isso ela apagou na banheira e acabou daquele jeito!! - Eu sabia, a Miley tem que parar de tomar essas porcarias! Mas a Demi ja está nervosa demais, nao era hora pra falar disso, o importante era que ficasse tudo bem com a Miley.

– Tudo bem, pelo menos o pior já passou, vamos esperar que ela fique bem, agora se acalma Demi! – Eu disse a ela mas na verdade o mesmo servia pra mim.

Depois de agoniantes minutos esperando alguma noticia da Miley um medico finalmente apareceu e permitiu que cada um de nós fosse vê-la, mas tinha que ser um por vez, por isso a primeira foi a Demi.


Miley Narrando


Acordei num quarto todo branco, de hospital, um medico me explicou tudo o que tinha acontecido comigo e também disse que agora eu já estava fora de perigo.

Demi entrou no quarto e o médico nos deixou a sós.

– Ainda bem que você acordou My! – Ela veio me abraçar – Você quase me matou de susto garota, nunca mais faça isso!! – Ela me repreendeu.

– Desculpa Demi, eu...eu nem sei como aconteceu...eu estava nervosa acabei exagerando nas doses de calmante, não queria preocupar você! – Tentei sorrir

– Por isso que eu já te disse para parar de tomar essas coisas! Todos nós ficamos muito preocupados com você, o Joe e o Nick nem conseguiram mais dormir e... – Eu interrompi

– Pera aí, o Nick ta aqui?! Ele sabe disso?? – Perguntei

– Claro que sabe My, se foi ele quem te achou lá inconsciente, afogada na banheira. Você quase mata o coitado do coração, na hora que tudo aconteceu eu não sabia se me preocupava com você que tava afogada ou com ele que parecia que ia ter um AVC a qualquer minuto! – Ela parecia brincar mas ainda era surreal o fato de que o Nick, o Nick Jonas, o cara que mais me odeia no mundo, estava preocupado comigo – Bem, agora que você já acordou e eu to mais tranquila vou ver se eu vou na lanchonete tomar um café, porque pra ser bem sincera, eu to acabada! - Ela me deu um beijinho na bochecha e seguiu para a porta.

– Ta bem, e Demi, me desculpa!

– Ta tudo na boa! Quando eu tiver meus filhos e o Joe desmaiar no parto você vai ter que ficar comigo e então estaremos quites! – Ela disse sorrindo – O Joe vai vir te ver, e o Nick ta aí também...Você quer ver ele? - Não sei por que, mas essa pergunta me pareceu um desperdício, claro que eu queria vê-lo, será que isso já não estava estampado na minha cara?! Mas conhecendo bem a Demi, ela queria me ouvir admitir isso...

– Diga pra ele vir...se quiser! – Eu sorri e a Demi também, ela me conhecia, sabia do meu lado orgulhosa ao extremo.

– Ta bom, vou dizer que você disse que está morrendo de vontade de ver ele e e muito agradecida por ele ter salvo a sua vida! – Brincou – Aliás vou sugerir que o seu príncipe encantado te de um beijo pra você ficar boa bem rapidinho! – Ela piscou pra mim

– Nem pense nisso dona Demétria! – Eu disse séria e a Demi rindo, deixou meu quarto.


Nick Narrando


Joe e eu estávamos em silencio esperando que a Demi voltasse do quarto da Miley. Logo vimos a noiva do meu irmão voltar para a sala de espera.


– E então, como ela está?! – Me levantei para encará-la, essa pergunta quase pulou da minha boca.

– Calminha ai Nick, ela ta ótima, perfeitamente bem, nem parece que a meia hora atrás estava correndo risco de vida! – Ela disse calmamente – Aliás, ela quer ver vocês! - Pera aí, esse "vocêS" da Demi, me inclui??

– Ela...ela quer me ver?? - Perguntei confuso.

– Não Nick, ela quer ver a vovozinha! - Demi ironizou - Claro que ela quer te ver, afinal foi você quem a salvou né?! Acho que ela quer agradecer ou coisa do tipo! – Deu ombros – Amor eu vou para a lanchonete, estou faminta! - Ela dirigiu-se ao Joe

– Eu vou só dar um oi pra Miley e já vou la com você amor! – Disse Joe seguindo na direção do quarto da Miley. Demi seguiu para a lanchonete.

Fiquei sozinho com meus pensamentos e a pior parte? A Miley estava em todos eles, eu estava preocupado, mesmo ela já estando bem eu tive medo...Medo de perde-la e era isso que mais me preocupava não queria voltar a sentir pela Miley o que eu sentia a anos atrás.

Alguns minutos depois o Joe voltou do quarto dela rindo.

– A Miley quase teve um troço quando eu contei que eu tinha feito respiração boca a boca nela – Joe comentou

– Eu teria a mesma reação se você me dissesse uma coisa dessas! – Eu baguncei

– Ta maluco cara?? Até parece que eu iria fazer respiração boca a boca em homem!! – Joe disse cruzando os braços – Olha Nick, na boa nós somos irmãos e tudo mas por mim voce podia até  morrer sem ar que nunca que eu ia encostar esses lábios de mel nessa sua boca... A Miley teve sorte, dizer que já beijou Joe Jonas, o cara mais gato e gostoso de toda a América, nao é pra qualquer uma. Pena que ela nem pode aproveitar, tadinha... - Ele disse e eu nao pude evitar gargalhar

           - O mais gato da América é?! - Continuei rindo

           - Se discorda vai reclamar com o pessoal da Seventeen, foram eles que escreveram isso quando me colocaram na capa mês passado! - Gabou-se - Ei eu vou para a lanchonete com a Demi, você vem?

– Er eu...eu acho que vou dar um oi pra Miley antes... – Eu disse um pouco sem jeito.

– Ta bom então, ate mais! – Joe disse saindo.

Demorei ainda alguns segundos para me mover em direção ao quarto da Miley, meus passos eram lentos, eu parecia não ter coragem de encará-la. Girei a maçaneta da porta e a abri, a Miley estava sentada na cama. A palidez permanecia em sua pele, mas já não tão acentuada. Os cabelos ainda úmidos caiam em ondas sobre os ombros dando um aspecto mais natural a ela, na verdade se eu não soubesse que estava diante de uma das mais famosas estrelas de Hollywood, acharia que se tratava apenas de uma jovem comum. Ela não me encarava, olhava pra baixo, pude perceber que ela estava nervosa, talvez tanto quanto eu.


Miley Narrando


Ouvi o som da porta se abrindo, não tive coragem de olhar, eu sabia quem era... Me perguntava porque pra mim era tão difícil encará-lo depois do que houve... Quer dizer, o Nick sempre foi contra tomar calmantes, ou qualquer tipo de remédio sem realmente estar doente. Ele dizia que uma pessoa saudável não sabe a sorte que tem por não precisar tomar remédio controlado, ainda mais porque ele precisa tomar por causa da doença dele.
Levantei um pouco os olhos quando o vi finalmente entrar no quarto e fechar a porta atrás de si com delicadeza. Ele parecia um pouco aflito, e a julgar pelo fato dele ainda estar vestindo a calca de moletom que usa para dormir a Demi tinha razão, ele saiu mesmo de casa desesperado.
Tentei sorrir, ate pensei em alguma coisa para dizer como um “ Me desculpe, eu não queria preocupá-lo” mas nada saia, a minha voz estava falha e um nó se formava em minha garganta ao vê-lo olhar pra mim daquele jeito.


Nick Narrando

– Você está bem?? – Perguntei friamente enquanto caminhava na direção dela, embora minha vontade fosse correr até ela e abraçá-la, dizendo que eu sempre estaria ali pra ela quando ela precisasse de mim, eu não o fiz, não podia simplesmente ignorar tudo que já tinha se passado entre nós. Ela limitou-se a assentir. O rosto pálido ganhou um tom enrubescido, como se ela estivesse envergonhada. Os lábios que agora tinham recuperado seu tom rosado natural formaram um leve e discreto sorriso. Me senti mais leve vendo que ela estava bem.


Miley Narrando

– Nunca mais faça uma coisa dessas de novo! – A voz dele saiu num tom de repreensão, mas eu sabia que ele só estava preocupado comigo. Nick se aproximou da minha cama, parando de  bem a minha frente – Não importa o motivo Miley, nada no mundo pode valer tanto a pena para colocar em risco a sua própria vida! – Ele me encarou, sua expressão séria me deixou um tanto encabulada mas no fim entendi o que ele quis me dizer.
Ele me olhava de um jeito que eu não conseguia decifrar, parecia algo como uma mistura de decepção e compreensão ao mesmo tempo. Eu queria saber o que dizer numa situação como essa, mas eu simplesmente não sabia, seria tão mais fácil se ele me abraçasse como a Demi fez, ou fosse gentil como o Joe, mas não, ele continuava o mesmo, ríspido, sério e provavelmente ainda me odiava tanto quanto antes ou até mais.


Nick Narrando

– Eu...Eu sinto muito, não queria causar problemas e muito menos envolver você! – Miley disse um pouco rouca, quase falhando a voz a cada palavra, como quem esta com vontade de chorar - Desculpe...
Eu realmente não me importava pelo que tinha acontecido, pela primeira vez não senti raiva por a Miley atrapalhar o meu sono ou ter me deixado preocupado, mas eu estava irritado por ver o que ela tinha feito consigo mesma. Ela é saudável, é jovem, é rica, é bonita... O que mais ela espera da vida afinal?! Suspirei fundo, eu não era a pessoa certa para ter essa conversa com a Miley e nem tinha o direito de me meter na vida dela. Olhei para ela mais uma vez e num gesto impensado segurei seu rosto entre as minhas mãos e levei meus lábios ate o topo da sua cabeça onde depositei um beijo.

– Você está bem, é só isso que importa! – “Tive tanto medo de perdê-la” Disse a mim mesmo a minha consciência, e eu ate tive vontade de dizer isso a ela, mas eu ainda estava me recriminando por causa daquele beijo.

Miley surpresa com o meu gesto me encarava com uma expressão espantada, mas não parecia que não gostou, só parecia que eu a tinha surpreendido. Seus olhos azuis me fitavam como se quisessem me fazer mil perguntas e antes que ela começasse a faze-las eu resolvi me retirar.

– Eu já vou... Fique bem! – Foi tudo que eu disse e saí do quarto antes mesmo que a Miley pudesse dizer uma só palavra.


Continua...

13 comentários:

  1. OMG, esse capítulo foi tão fofo >.<
    Eu fiquei preocupada com a Miley :/ mas ainda bem que deu tudo certo, pena que o Nick não fez o que ele queria ter feito né, heheh
    Posta logo, please!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa historia o Nick nunca faz o que ele queria fazer coitado #FATO
      Obrigada pelo comentário!
      Bjao!

      Excluir
  2. Hey linda!!
    Que capitulo perfeito!!
    A Senhorita Cyrus, da um trabalho, hummm?! se tivesse acontecido algo com ela eu é que ia bater nela!! Rummmm
    Mas que bom que o Nicholas salvador Jonas, apareceu e salvou ela!! "Meu herói" isso me lembra alguma cena de alhum filme epico, mas nem lembro qual é!! rsrsrsrsrs
    Ah e tem outro selinho para vc no meu blog:
    http://blog-give-your-heart-a-break.blogspot.fr/2013/01/selinho-tatti.html
    Beijos meu anjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, a Miles nao é nada fácil, sinto até pena do Nickito as vezes por ter que sempre resolver as confusões em que essa garota se mete...
      Obrigada pelo Selinho!
      Bjosssss

      Excluir
  3. Eii Amy, eu ja li sua fic inteira, só a primeira temporada, mas li no Nyah, eu estava na segunda temporada la, eo nyah, não tava mas entrando por la, eu não sei oque houve, mas a seg temporada não tem aqui no blogspot não? bjs
    e ah, se puder ler e divulgar minha fic :)
    http://nileyfanfiction.blogspot.com.br/
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A segunda temporada vai ser postada aki nesse mesmo site depois que eu terminar de postar a primeira, é só esperar um pouquinho! =D
      Ja está divulgada viu?!
      Bjo

      Excluir
  4. Oiiie! Acho esse cap my fofo, já li ele no Nyah! Simplesmente Ameiiiii, posta mais!!! Tem selinho pra vc no meu blog ~> ( http://nileyyever.blogspot.com/2013/01/selinho.html ) <~
    Um Bjoo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo selinho e pelo comentário!
      Bjo

      Excluir
  5. Ei linda! Tem selinho pra você!
    http://jemi-thewayiloveyou.blogspot.com.br/p/tags.html
    <3, Leca.

    ResponderExcluir
  6. Primeiro, me desculpa por demorar um século para me atualizar aqui Kkkkkkkkk Você já deve saber que sou meia lenta e desligada, né? Kkkk
    Own, cara esse quase mmomento Niley me fez vomitar arco-íris!
    O Nick preocupado é uma gracinha *-*
    Posta logo, hein!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei esse negocio de vomitar arco-íris KKKK
      Sim, ele é fofo demais. Ninguem supera ele nisso!
      Obrigada pela visita!
      Bjo

      Excluir
  7. COMO ELE OUSA SE RETIRAR DO QUARTO ANTES DELA FAZER AS PERGUNTAS???

    hahaha!

    Correndo para o cap.10!
    xoxo
    -T.

    ResponderExcluir